Ex-deputado estadual é preso por atirar em PM no Paraná

Portal Terra

CURITIBA - O ex-deputado estadual Nilton Servo (PRB) foi preso na madrugada desta quarta-feira em Ponta Grossa, a 110 Km de Curitiba (PR), suspeito de atirar três vezes contra um policial militar que estava de folga. O PM não foi atingido pelos tiros. Servo nega a acusação. Com ele foram encontradas uma arma e uma garrafa com gasolina, segundo a Polícia Civil da cidade.

O ex-parlamentar é suspeito de ser dono de casas de bingos ilegais em Ponta Grossa. Ele teria mandado um funcionário atear fogo em uma das sedes de um grupo concorrente. Na fuga, o funcionário foi socorrido pelo policial militar, sem saber o motivo do incêndio. O ex-deputado teria aparecido, provavelmente para resgatar o funcionário, e atirado contra o PM.

Servo foi deputado estadual no Paraná entre 1991 e 1995. Ele foi preso há três anos pela Polícia Federal em Uberlândia (Minas Gerais) por comandar a máfia de caça-níqueis no Brasil.