'Sombra' vai a júri popular sob acusação de matar Celso Daniel

Portal Terra

DA REDAÇÃO - Uma decisão de primeira instância da Justiça de São Paulo determinou que o empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sérgio Sombra, seja levado a júri popular. Ele é suspeito pela morte do então prefeito de Santo André (SP), Celso Daniel. As informações são do Jornal Nacional.

O prefeito petista foi sequestrado e morto em janeiro de 2002. As investigações policiais apontaram que seu assessor especial Sérgio Sombra teria sido o responsável pela ação. Ele foi denunciado por homicídio triplamente qualificado. Sombra, que se declara inocente, pode recorrer da decisão.