Polícia investiga abuso de criança em creche de cidade paulista

Chico Siqueira, Portal Terra

ARAÇATUBA - A Polícia Civil de São José do Rio Preto (a 440 km de SP) investiga denúncia de pedofilia numa das creches da cidade. agentes da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) passaram esta segunda-feira na creche Beatriz de Carvalho Seixas, na Vila Toninho, para levantar a identidade de um homem que trabalha no local e teria abusado sexualmente de um menino de quatro anos.

A mãe do garoto recorreu à polícia no sábado depois de ouvir relatos de seu filho, que lhe contou ter sido abusado por um dos monitores no banheiro da creche. A mãe do garoto o levou ao pronto-socorro e a um hospital, onde duas médicas teriam confirmado a lesão no menino. Em seguida, a criança passou por exames de corpo de delito, na madrugada de domingo, no Instituto Médico Legal (IML).

A delegada da Mulher, Dálice Ceron, disse que os investigadores foram à escola para identificar os possíveis suspeitos. "O que sabemos é que trabalham na creche dois monitores e um estagiário, mas precisamos ter cuidado com a investigação", disse. A delegada espera ouvir a mãe do menino ainda nesta terça-feira. "Precisamos saber ao certo o que aconteceu e se a criança precisa de cuidados psicológicos", afirmou.

Segundo a delegada, embora duas médicas tenham constatado as lesões somente depois do resultado dos exames do IML, que sai em 30 dias, é que ele poderá falar com segurança sobre o assunto. "Precisamos ter cuidado porque não se sabe até onde isso pode ir, se realmente houve o abuso, se não houve e se há outras crianças abusadas", disse a delegada.