Rodrigo Maia ganha apoio

Jornal do Brasil

BRASÍLIA - A declaração de Durval Barbosa delator do esquema conhecido como mensalão DEM, no Distrito Federal de que o presidente nacional do partido, Rodrigo Maia, era um dos beneficiários do esquema montado pelo governador cassado, José Roberto Arruda, conforme mostrou sexta-feira o jornal Estado de S. Paulo, provocou forte reação na cúpula do partido.

As principais lideranças nacionais do Democratas divulgaram uma nota de solidariedade na qual defenderam o deputado federal Rodrigo Maia (RJ).

Em texto assinado pelo presidente de honra do DEM, Jorge Bornhausen (SC), pelo ex-vice-presidente da República Marco Maciel (PE), e pelos líderes das bancadas no Senado, José Agripino Maia (RN), e na Câmara, Paulo Bornhausen (SC), foi manifestada a mais absoluta e inabalável confiança na correição de Maia.

Os políticos repudiaram o que chamam de atitude leviana e irresponsável de Barbosa, a quem acusaram de buscar notoriedade . E cobraram medidas da Justiça.

Por e-mail, o ex-prefeito e candidato do DEM ao Senado pelo Rio de Janeiro, Cesar Maia, pai de Rodrigo, comentou o caso: Não há acusações. Há um condenado com liberdade condicional, bêbado numa festa fazendo achaque politico .