Padre preso nu e bêbado no PR admite que dirigia embriagado

Portal Terra

CURITIBA - O padre preso em flagrante dirigindo nu, na cidade de Ibiporã, a 402 Km de Curitiba, na região noroeste do Paraná, em 16 de maio, admitiu que estava conduzindo o veículo embriagado. A declaração foi feita em depoimento prestado no final da tarde de quinta-feira.

O religioso disse que não lembra de alguns detalhes do dia em que foi preso. Inicialmente, o padre afirmou que havia tomado medicamentos para depressão, que causaram mal estar após a ingestão de duas taças de vinho.

Segundo os policiais que efetuaram a prisão, o religioso ofereceu dinheiro para não ser levado à delegacia. Na semana passada, a polícia da cidade ouviu um adolescente de 15 anos, que disse ter sido assediado e recebido propostas sexuais do padre. O sacerdote é investigado por ato obsceno, corrupção ativa e direção sob efeito de álcool.

Para a defesa do padre, há muitas contradições entre as versões da polícia e do adolescente sobre a tentativa de assédio sexual. O religioso foi liberado e viajou para São Paulo, onde aguarda o desfecho do caso.