Justiça decreta prisão preventiva de 4 por assalto à Tiffany

Portal Terra

SÃO PAULO - A Justiça de São Paulo decretou no final da tarde desta sexta-feira a prisão preventiva - até o julgamento - de quatro acusados do assalto à joalheria Tiffany, no último dia 16, no shopping Cidade Jardim, na zona oeste da capital paulista. De acordo com o Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic), da Polícia Civil, outros dois suspeitos de participação no crime já foram identificados.

O Deic informou também que a polícia acredita que de sete a oito pessoas tenham participado da ação, conforme análise das imagens das câmeras de vigilância do shopping, um dos mais luxuosos do País. Os quatro acusados começaram a ser presos dois dias após o assalto.

Um relatório apresentado pela joalheria aponta que as peças roubadas somam R$ 1,5 milhão, segundo informações da rádio Jovem Pan. Segundo o Deic, o destino das joias ainda não foi descoberto.