Delegado morto durante entrevista é enterrado em Salvador

Portal Terra

SALVADOR - Foi enterrado na manhã de desta quinta-feira, no Cemitério do Campo Santo, em Salvador, o corpo do delegado Clayton Leão Chaves, 35 anos, titular da 18ª Delegacia (Camaçari), assassinado a tiros nesta quarta-feira, na Estrada da Cascalheira, região de Camaçari.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, centenas de pessoas entre parentes, amigos e colegas de profissão lotaram o cemitério, cujo velório contou com a presença do governador Jaques Wagner, do prefeito de Camaçari Luís Caetano, do secretário da Segurança pública, Cesar Nunes, e do delegado geral da Polícia Civil Joselito Bispo da Silva.

Integrante da Polícia Civil da Bahia desde 20 de março de 2004, Clayton Leão Chaves completou 35 anos de idade em 23 de fevereiro deste ano. Como delegado, atuou na delegacia do município de Barra do Mendes, na Coordenação de Operações Especiais (COE) e, em dezembro de 2008, foi designado titular da Delegacia de Camaçari (18ª DP).