Presidente do STF defende férias de 60 dias para os juízes

Portal Terra

BRASÍLIA - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cezar Peluso, defendeu, na quarta-feira, a manutenção de um dos mais polêmicos privilégios dos juízes brasileiros: férias de 60 dias por ano. A informação é do Jornal O Globo.

Segundo o ministro, o descanso extra é necessário porque os magistrados não têm hora certa para trabalhar e alguns acabam morrendo cedo de problemas cardíacos. A afirmação foi feita em uma audiência realizada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Peluso também prestou apoio ao foro especial para autoridades.