PSB bate martelo e lança Skaf ao governo de SP semana que vem

Portal Terra

BRASILIA - O PSB fechou questão e lança na próxima semana o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, como pré-candidato do partido ao governo paulista. Com isso, encerra temporariamente a possibilidade de acordo com o PT para o primeiro turno das eleições de outubro. A pré-candidatura vai à convenção, em junho, para ser efetivada.

O lançamento, que está previamente marcado para 22 de maio, pode ser antecipado para o dia 18. O local provável é a Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo.

De acordo com o deputado federal Márcio França, presidente do PSB no Estado, a decisão já está tomada. "Já batemos o martelo em relação a isso. Nosso partido terá candidato próprio ao governo, que é o Paulo Skaf. Para o Senado, vamos lançar o Gabriel Chalita".

França afirma que já encerrou as negociações com o PT, que gostaria de ter Paulo Skaf como vice de Mercadante e Gabriel Chalita como companheiro de chapa de Marta Suplicy para o Senado.

"Vamos fazer o lançamento da pré-candidatura e queremos confirmar o nome de Skaf na convenção, em junho", afirmou França.

Sozinho na disputa, o partido tem como opção de aliança apenas o PTB, que também está na mesma situação.

Com a decisão do PSB, o PCdoB deverá ratificar o seu apoio ao PT paulista e indicar Netinho de Paula para concorrer ao Senado ao lado de Marta Suplicy. O partido se reúne no próximo dia 23 de maio para ratificar a decisão.