Governo de SP afasta comandantes da PM por morte de motoboy

Portal Terra

SÃO PAULO - Por determinação do secretário da Segurança Pública de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto, foram afastados de suas funções os comandantes do 22º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, informou a secretaria nesta segunda-feira. Será apurada a eventual omissão dos militares no caso da morte de um homem em uma abordagem policial, no sábado, na zona sul de São Paulo.

Foram afastados o tenente-coronel Gerson Lima de Miranda e o capitão Alexander Gomes Bento, da 3ª Companhia, à qual pertencem os quatro policiais envolvidos na morte do motoboy Alexandre Menezes dos Santos. Segundo a secretaria, os comandantes foram afastados "por revelarem, neste lamentável episódio, que não têm o comando da tropa".