PE: jovem que foi acorrentado pela mãe é morto com 31 tiros

Portal Terra

RECIFE - Neyvison Durval da Silva, 20 anos, foi assassinado na madrugada deste domingo com 31 tiros, próximo ao terminal de ônibus, no bairro do Vasco da Gama, na zona norte do Recife (PE). Ele ficou conhecido em Pernambuco depois qua canais de TVs do Estado mostraram imagens do jovem acorrentado pela própria mãe, numa tentativa desesperada de livrar o filho do vício das drogas.

A vítima já havia sido denunciada à polícia pelos próprios pais por consumo de crack. O caso foi registrado no dia 14 de abril. A mãe manteve Neyvison em cárcere privado acorrentado para não ver o filho voltar às ruas em busca da droga e para praticar furtos.

Segundo a polícia, três homens armados invadiram a casa de Durval, onde ele morava com a mulher a enteada, e fizeram dezenas de disparos. Neyvison morreu na hora. Uma das balas teria atingido a enteada de raspão, mas a mulher não corre risco de morte.

Neyvison Durval chegou a ser internado numa clínica de reabilitação para dependentes de drogas no interior de Pernambuco, mas abandonou o tratamento e há duas semanas estava no Recife. O corpo do jovem está no Instituto de Medicina Legal (IML) na capital pernambucana. O crime deve ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).