Justiça autoriza realização da marcha da maconha em BH

Portal Terra

BELO HORIZONTE - A Justiça de Minas Gerais autorizou a realização da marcha da maconha, que será realizada neste sábado, na região central de Belo Horizonte (MG). A magistrada determinou ainda que a Polícia Militar acompanhe a manifestação.

A decisão foi motivada pelo pedido de acompanhamento policial do evento, segundo solicitação feita pelo Ministério Público. O promotor Jorge Tobias de Souza alegou no entanto, que "não se visualiza, a princípio, por parte dos adeptos da tal marcha nenhuma atitude ilícita", uma vez que a manifestação tem como objetivo pedir a legalização do uso da maconha.

Em seu despacho, a juíza Neusa Maria Guido, em substituição na 1ª vara de Tóxicos de Belo Horizonte concordou com os argumentos do Ministério Público, reafirmando o direto de liberdade de expressão no País.

No fim da tarde de hoje, uma ação cautelar com pedido de liminar, originária do Juizado Especial Criminal, contendo um pedido de proibição da marcha, foi enviada à 2ª Vara de Tóxicos. O juiz determinou o envio dos autos à 1ª Vara de Tóxicos, uma vez que decisão anterior já havia sido tomada sobre o caso.