Desabamento em obra do metrô deixa 2 mortos e 1 ferido no CE

Portal Terra

CEARÁ -

Dois operários morreram e um ficou ferido depois de um desabamento que ocorreu na obra do Metrô de Fortaleza (Metrofor), na madrugada deste sábado. Parte de uma estrutura de concreto que media 100 m², na Estação João Felipe, que fica no centro da cidade, desabou e atingiu os três trabalhadores.

O operário ferido, José Wellington Apolônio, foi levado para o maior hospital de urgência e emergência do Ceará, Instituto José Frota (IJF), com fraturas múltiplas. Antônio Rafael Rodrigues, 36 anos, e José Ventura Martins, 45 anos, morreram soterrados.

A última informação que a assessoria de comunicação do IJF divulgou para o Terra foi que o estado de saúde de Apolônio é estável. Ele fraturou o crânio, o fêmur e a face. O paciente já passou por uma cirurgia na face, onde houve intervenção plástica, mas está consciente. Na semana que vem, os médicos poderão operar o fêmur. Ele não corre risco de morte.

O secretário de Infraestrutura do Ceará, Adail Fontenele, acredita que houve falha em um dos sistemas do Metrofor e por isso, segundo ele, o caso será apurado. O secretário lamentou o fato e disse que isso não é normal em uma obra como esta.

A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos divulgou uma nota, neste sábado, afirmando que uma sindicância será aberta na Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra) para saber de quem é a responsabilidade do acidente. A nota diz ainda que serão tomadas providências junto ao consórcio construtor para que as famílias das vítimas recebam assistência.

Logo após o acidente, a direção do Metrô de Fortaleza solicitou ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Ceará (Crea-CE) uma perícia no local do para descobrir as causas do desabamento, o que ainda não tem prazo para ser concluído.

O desabamento ocorreu às 2h e a operação de resgate dos corpos, que foi realizada pelo Corpo de Bombeiros, durou quase cinco horas.