Jovem que raptou bebê é internada na Fundação Casa em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - A menina de 15 anos acusada de raptar um recém-nascido em uma maternidade na zona leste de São Paulo foi recolhida na tarde de quarta-feira à Fundação Casa, antiga Febem. A internação foi pedida pela Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude, que considerou os atos da jovem "gravíssimos", e decretada pela 4ª Vara Especial da Infância e da Juventude de São Paulo. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Policiais que atenderam o caso descreveram a adolescente como uma menina atormentada e doente. A jovem sofreu um aborto no quinto mês de gestação, há quatro meses, e desde então afirmava que ainda estava grávida e vestia-se com batas e roupas largas. Na semana passada, promoveu um chá de bebê. Na última terça-feira, ao fim dos supostos nove meses de gravidez, a menina foi à maternidade e fugiu com um recém-nascido. Seu objetivo seria convencer a família de que se tratava do filho que esperava.