Lula diz que crise financeira consolidou parceria com países do Caribe

Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (26) que o Brasil tomou a decisão de tornar-se membro pleno do Banco de Desenvolvimento do Caribe, ao discursar na abertura da 1ª Cúpula Brasil-Comunidade do Caribe (Caricom).

Segundo Lula, a crise financeira internacional enfrentada recentemente redobrou a determinação em consolidar a parceria entre o Brasil e os países do Caribe. Nos primeiros meses de 2010 nosso comércio vive forte recuperação. A ampliação das trocas e o estímulo a investimentos brasileiros ajudam a corrigir o elevado desequilíbrio comercial em favor do Brasil , disse Lula.

Ao discursar logo após Lula, o primeiro-ministro da Dominica e atual presidente da Caricom, Roosevelt Skerrit, defendeu a ampliação do comércio e da cooperação entre o Brasil e o Caribe e relatou prejuízos financeiros ocorridos nos países em função da crise mundial.

O presidente da Caricom afirmou que os países da comunidade fazem um chamado por reformas nas instituições financeiras internacionais e contam com a colaboração do Brasil. Em seu discurso, Lula defendeu o fortalecimento de alianças em favor de uma ordem internacional mais justa e afirmou que o Brasil busca expressar no G20 as demandas da América Latina e do Caribe.

As mudanças climáticas também foram citadas nos discursos de Lula e Skerrit que manifestou apoio aos esforços do Brasil na redução dos gases de efeito estufa. Compartilhamos a visão do Brasil de que é preciso um esforço global e o país tem tido um papel de liderança nessa área , disse o presidente da Caricom, Roosevelt Skerrit.

Um dos assuntos a serem discutidos na reunião é a ajuda para a reconstrução do Haiti que integra a Caricom, grupo do qual participam 14 países e tem o Brasil como membro observador desde 2006. Cooperação em áreas como saúde, agricultura, educação e meio ambiente também fazem parte da agenda do encontro.

Criada em 1973, a Caricom é integrada por Antígua e Barbuda, Bahamas, Barbados, Belize, Dominica, Granada, pela Guiana, pelo Haiti, pela Jamaica, por Santa Lúcia, São Cristóvão e Névis, São Vicente e Granadinas, pelo Suriname e por Trinidad e Tobago.