Jornal 'O Parasita' se desculpa por ofensas a homossexuais

Jornal do Brasil

SÃO PAULO - Um jornal dos alunos da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP causou repúdio no meio estudantil e ganhou repercussão nacional.

O Parasita estimulou os estudantes do curso a jogarem fezes em homossexuais em troca de convite para uma festa brega.

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo teve conhecimento do texto e informou que vai denunciar o periódico semestral por homofobia.

Desculpas

No domingo o jornal pediu desculpas pelo texto homofóbico ao qual classificou como Exagero cometido na última edição .

Os responsáveis pelo veículo, que não se identificam, lamentam o que foi escrito na última edição e pedem desculpas aos alunos da faculdade por ter colocado em evidência o nome da instituição.

Os editores do periódico afirmam que o jornal tem como objetivo fazer humor e não possui qualquer intenção em divulgar mensagens homofóbicas e incitar a violência .