CPI investiga 2 prefeitos maranhenses suspeitos de pedofilia

Portal Terra

MARANHÃO - Dois prefeitos do Maranhão estão sob suspeita de pedofilia. Segundo publica neste domingo o jornal Folha de S.Paulo, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi montada para investigar as acusações.

Raimundo Nonato Baquil (PSDB), 54 anos, prefeito de Tutoia, foi acusado de oferecer presentes a garotas de 13 e 14 anos, hoje com 16 e 17 anos, em troca de sexo. Já Eliseu Moura (PP), 57 anos, prefeito de Pirapemas, foi acusado por duas jovens, hoje com mais de 18 anos e com filhos que afirmam ser dele, de ter prometido recompensas financeiras em troca de sexo quando tinham 15 anos.