Qualidade do ar em São Paulo piora nos últimos 90 dias

Portal Terra

SÃO PAULO - A qualidade do ar piorou em algumas regiões da Grande São Paulo devido à quantidade de ozônio, poluente causado principalmente pela combustão, de acordo com a Folha de S.Paulo. Uma medição da Cetesb, agência ambiental paulista, mostra que o ar foi considerado bom apenas em 17 dos 90 dias analisados. Nos outros 73, a qualidade do ar teria oscilado entre má, inadequada ou regular, o que causa riscos à saúde da população.

A marca é considerada a terceira pior dos últimos 10 anos e alerta ambientalistas, uma vez que a poluição por ozônio era considerada baixa desde 2006. No primeiro trimestre de 2009, a qualidade do ar foi considerada boa em 23 dias. As altas temperaturas, segundo especialistas, são importantes no aumento do nível do ozônio no ar.