Oposição procura pelo em ovo, diz Marta sobre Dilma

Portal Terra

DA REDAÇÃO -

O segundo dia do 17º Encontro Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) reuniu, neste sábado (24), as principais lideranças em São Paulo para lançar as pré-candidaturas de Aloizio Mercadante ao governo estadual e Marta Suplicy ao Senado. A pré-candidata presidencial Dilma Rousseff participou do evento ao lado dos petistas. Lula, que era aguardado, não compareceu.

Em carta lida pelo líder governista Cândido Vacarezza, o presidente disse que Mercadante está "capacitado" para assumir o governo de São Paulo e reafirma compromisso com ambas candidaturas (de Mercadante e Marta). Lula não justificou o motivo da ausência.

Marta Suplicy falou na sequência que a "luta" do PT será em São Paulo. "A eleição será vencida aqui. Nós queremos uma chance para governar o maior Estado brasileiro", afirmou.

Sobre as críticas da oposição sobre a inexperiência política de Dilma, Marta disse que os adversários "só não ousaram dizer porque Dilma é mulher". "Do Lula falavam que ele tinha experiência política, mas não administrativa. Agora, de Dilma, falam ao contrário. Eles querem arrumar pelo em ovo", disse a ex-ministra e ex-prefeita de São Paulo.