SP: ato comemora saída de Gilmar Mendes da presidência do STF

Portal Terra

SÃO PAULO - Membros do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo realizaram uma manifestação nesta sexta-feira, em frente à sede da TV Globo, na zona sul de São Paulo. Com "Já vai tarde" escrito em cartazes, o grupo comemorou a saída do ministro Gilmar Mendes da presidência do Supremo Tribunal Federal (STF).

O sindicato criticou a atuação do ministro enquanto líder do Supremo, principalmente em relação à sua decisão de acabar com a exigência de diploma de ensino superior para a profissão de jornalista. A proposta, da qual Gilmar Mendes foi relator, foi aprovada no ano passado. De acordo com o presidente do sindicato, José Augusto Camargo, o fim da exigência de diploma para jornalistas trouxe "uma grande confusão" na concessão de registro para os profissionais.

Duas propostas de emendas constitucionais que tentam reverter esta decisão foram enviadas ao Congresso Nacional no ano passado, uma para a Câmara dos Deputados e outra para o Senado. "No Senado está um pouco mais adiantado: já foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e agora está pronta para ir para o plenário. Na Câmara, ela tem ainda de passar por uma comissão mista", explica Camargo.