Ciro Gomes: "Serra é mais bem preparado, mas Dilma é melhor pessoa"

JB Online

RIO DE JANEIRO - "É evidente que o José Serra está mais bem preparado que a Dilma, para a candidatura à presidência. O problema é que, por debaixo dos panos, é dossiê para cá, dossiê para lá. Neste ponto, a Dilma é melhor pessoa, mas não tem nenhuma experiência política", disse Ciro Gomes em entrevista ao SBT que foi ao ar, ao vivo, na noite de sexta-feira.

A maioria dos dirigentes estaduais do PSB não quer que Ciro Gomes conduza sua candidatura à frente do partido, por conta de suas intensas críticas ao partido, Lula e Dilma.

Gomes era um dos mais cotados para a candidatura à eleição pelo PSB, e disse que o presidente Lula estaria ameaçando sua candidatura, dizendo que não apoiaria-o, na eleição.

"O presidente Lula está navegando na maionese. Estão usando a pesquisa de votos para me tirar do direito de ser candidato. O que quero é ter o direito de apresentar minhas propostas", disse.

Com relação ao candidato do PSDB, José Serra, Gomes foi bem enfático ao dizer que "Serra quer que eu saia, e o PT também. Com a briga entre PSB e PSDB quem sai perdendo é o povo, que vai ficar sem opção de escolha e terá que optar no 'beiço', o melhor candidato".

Ao se referir a candidata Dilma Roussef, Ciro Gomes disse que sua questão com a ex-ministra da Casa Civil é em torno da falta de experiência no campo político. "O governo acha que eu vou atrapalhar a sua candidatura. Mas, como poderia fazer isso, quando ela vai aos debates só fala besteira. Para exemplificar, os primeiros movimentos dela me deixaram de cabeça arrepiado", exclama.

Quanto a aliança feita pelo PSB à favor de Rousseff, Gomes disse que "foi importante para fazer valer alguns programas que serão propostos em governo. Dependendo da ação a ser realizada, faz-se a aliança necessária".

Contudo, Ciro Gomes disse que vai "esperniar" até conseguir sua candidatura à presidência do Brasil. "Na pior das hipóteses, vou pedir para o partido que releve as idéias que acharem mais importantes, para que, desta forma, eu possa apoiar quem for seguí-las".