Caiado: Ciro é vítima da truculência do governo Lula

Laryssa Borges, Portal Terra

COMANDATUBA - O deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO) voltou a atacar o governo Lula nesta sexta-feira e disse que a reação do deputado Ciro Gomes (PSB-CE), de acusar o presidente petista de "navegar na maionese" e se considerar "todo-poderoso", reflete uma reação contra a "truculência" do governo Lula de "impor" a pré-candidata Dilma Rousseff (PT) como a candidata governista ao Palácio do Planalto.

"O Ciro é vítima. Está simplesmente reagindo a uma truculência que ele sofreu. O presidente Lula está usando a máquina que tem, pressionando todas as pessoas no sentido a fazer com que haja apenas uma candidata. Isso está atestado, a maneira truculenta com que o governo está tentando abortar a candidatura do deputado Ciro Gomes", declarou Caiado, que participa do Fórum Empresarial de Comandatuba, na Bahia.

"Essa maneira truculenta, autoritária, com utilização da máquina do governo é exatamente a prática de não deixar que nenhuma outra candidatura exista na base de seu governo, não respeitando a tese de uma eleição democrática, em dois turnos, onde haja pluralidade dos partidos e pluralidade dos candidatos. Ele se sente dono do governo, se sente dono da decisão, se sente superior a todos os poderes e com isso vai estrangulando, asfixiando, sufocando todos os partidos que não estão de acordo com sua tese", disse o parlamentar do DEM ao defender a tese de que Ciro seria "vítima" do governo Lula.