Ocupações do MST continuam em sete estados

Agência Brasil

BRASÍLIA - Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) continuam a ocupar sedes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em sete estados Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Rondônia, Pernambuco, Pará e Ceará.

Líderes do MST devem se reunir no final da tarde desta quinta-feira, na sede do Incra, em Brasília, para discutir a pauta de reivindicações.

Na Bahia, o MST realizou hoje uma marcha que saiu de Feira de Santana e seguiu para Salvador, com a participação de cerca de 5 mil manifestantes. As mobilizações cobram um programa de agroindústrias para os assentamentos, a renegociação das dívidas das famílias assentadas e uma linha de crédito que atenda as especificidades das áreas de reforma agrária.

Até o momento, foram realizadas manifestações em 20 estados e também na capital federal.

Foram ocupados 71 latifúndios, sendo 25 em Pernambuco, 15 na Bahia, 11 em São Paulo, cinco na Paraíba, cinco em Sergipe, dois em Alagoas, quatro no Ceará, um no Rio Grande do Sul, um em Santa Catarina, um em Minas Gerais e um em Mato Grosso do Sul.