ES: traficante pede para ser preso por medo de usuário

Portal Terra

VITÓRIA - O "gerente" de uma boca de fumo do bairro Vila Nova de Colares, no município de Serra, região metropolitana de Vitória, acionou a polícia e pediu para ser preso. O motivo do gesto inusitado, que aconteceu na madrugada desta quarta-feira, é o medo que o traficante tem de ser assassinado por um usuário que o ameaçou de morte, caso se recusasse a fornecer drogas de graça.

"Ele liga e pede droga, dinheiro. Se a gente não dá, ele mata, como já matou muitos. Ele já matou uns quinze, eu acho", afirmou o traficante, que pediu para não ser identificado.

O homem que causa tanto medo no traficante é conhecido na região apenas como "Carioca". Segundo os policiais militares, Carioca trabalhava para os traficantes da região como segurança e cobrador. Era ele quem executava os usuários que deviam aos traficantes. Só que o "cobrador" recebia parte do pagamento em drogas e acabou se tornando também um dependente químico. "Agora ele exige que os traficantes forneçam as drogas para ele", disse o policial.

O soldado Gonçalves, que atendeu a ocorrência, afirmou que "Carioca" chegou a ser preso há cerca de dois meses, quando ameaçou traficantes da região, mas já está em liberdade. O homem preso justificou a atitude. "Melhor ficar preso que ser morto", disse.