Coordenador da Fundação Casa é assassinado em São Paulo

Portal Terra

SÃO PAULO - O coordenador da Fundação Casa (antiga Febem) de São Paulo, Sidnei Gonçalves, foi assassinado na noite desta terça-feira, de acordo com informações do Jornal da Globo. Sidnei, de 39 anos, estaria na casa da enteada com a mulher e levou um tiro na perna quando saiu para deixar as compras no carro.

Ele tentou fugir, quando foi perseguido e alvejado várias vezes. Uma das balas acertou a nuca de uma criança de 3 anos que passava pelo local. Quando Sidnei caiu, o assassino atirou mais uma vez na testa dele.

O delegado André Luiz Barbosa, responsável pelo caso, disse à reportagem que tudo indica ter sido uma execução. A polícia acredita que o criminoso chegou em uma moto, que foi abandonada logo depois do crime, sem placa e com chassi raspado. Sidnei trabalhava há oito anos na Fundação Casa e passou, há um ano e meio, a coordenar uma equipe de agentes que cuidam de menores infratores.