Dilma se recusa a comentar desempenho na pesquisa Datafolha

Laryssa Borges e Sandro Lima, Portal Terra

BRASILIA - A pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, se recusou a comentar nesta segunda-feira o resultado da mais recente pesquisa Datafolha, que aponta seu principal adversário, o tucano José Serra, com 38% das intenções de voto, enquanto ela própria aparece 10 pontos percentuais atrás dele, com 28% da preferência do eleitorado.

"Não se comenta pesquisa porque é o retrato do momento, é um dos indicadores e são vários (indicadores)", disse a ex-ministra, que anunciou que pretende se empenhar diante do eleitorado feminino para aumentar a preferência à sua candidatura nesse setor da população.

Nesta segunda, o diretor do Instituto Datafolha, Mauro Paulino, negou ao Terra Magazine que tenha havido fraude na amostragem e em mudanças de critério do levantamento entre uma pesquisa e outra.

"Sempre que nós colhemos as amostras para ter um resultado também por Estado, há aumento no número de entrevistas", afirmou. "Mas isso não significa que o resultado final não seja ponderado para que represente cada Estado".