STF rejeita inclusão de Lula como réu do mensalão

Claudia Andrade, Portal Terra

RIO - O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira, por unanimidade, manter o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fora da denúncia do mensalão do PT. A decisão foi tomada com base em uma questão de ordem apresentada pela defesa do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), que denunciou o pagamento a parlamentares para aprovação de projetos.

"A questão já foi resolvida por este Plenário e o réu insiste na inclusão do presidente da República por esse Tribunal", disse o relator, ministro Joaquim Barbosa.

O relator afirmou que o argumento da defesa de Roberto Jefferson era o de que o envolvimento de ex-ministros deixaria subtendida a participação do presidente nos atos que são alvo de investigação. A Corte indeferiu outros pedidos feitos pela defesa do ex-deputado federal relacionados à ação do mensalão, classificados pelo relator como tentativas de atrapalhar o andamento do processo.

"A defesa do réu Roberto Jefferson tem apresentado inúmeras petições, algumas absolutamente incabíveis ou improcedentes", disse o ministro Barbosa.