Governo do DF desviou R$ 1 milhão do Bolsa Família para fazer cercas

Portal Terra

BRASÍLIA - Auditoria do governo federal indica que a gestão do governador cassado do Distrito Federal José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM) desviou R$ 1 milhão do programa Bolsa Família. O Ministério do Desenvolvimento Social repassou, entre 2008 e 2009, R$ 1,4 milhão para que o DF administrasse o programa em seu território, mas ao menos R$ 1 milhão foi usado em cercas e alambrados da Secretaria de Desenvolvimento Social. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, o valor poderia beneficiar quase mil famílias por um ano e, de acordo com a Controladoria-Geral da União (CGU), deveria ser destinado ao cadastro e fiscalização dos beneficiados pelo programa. O jornal afirma que a secretaria ainda escolheu a proposta mais cara para a construção das cercas - 64% acima do preço mais barato oferecido - e, no caso dos alambrados, na construiu em lugares previstos. O governo do DF disse à reportagem que não recebeu o relatório que aponta as supostas irregularidades e não comentou o assunto.