Cidade do interior da BA tem maior temporal em 98 anos

Portal Terra

SALVADOR - O município de Juazeiro (a 500 km de Salvador), registrou entre a noite de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira a chuva mais forte dos últimos 98 anos, de acordo com o Laboratório de Meteorologia da Universidade Federal do Vale São Francisco (Univasf).

Segundo a previsão da Univasf, abril deveria registrar o máximo de 52 mm de chuva. Mas só na noite de terça, choveu 77,5 mm, mais que o previsto para todo o mês. O temporal foi causado pela conjunção de alta temperatura e o alto índice de umidade relativa do ar.

A chuva deixou seis famílias desabrigadas e provocou alagamentos em vários pontos da cidade. As famílias desabrigadas moravam em casas de taipa, numa área de difícil acesso.

O coordenador de Defesa Civil, Adalberto de Carvalho, afirmou que o órgão atende todas as ocorrências registradas. As chuvas previstas para o período deveriam ter acontecido entre os meses de novembro e março. As chuvas deixaram visíveis e trouxeram à tona as dificuldades enfrentadas pelos moradores de áreas onde não existe calçamento.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Ailton Cadeia, a prefeitura realiza limpeza de canais e desobstrui locais que foram afetados pela chuva. "Estamos realizando vistorias nos bairros e identificando os problemas para que sejam contidos", disse o secretário.

A Defesa Civil acredita que o volume de chuva seja menor do que o registrado no Rio de Janeiro, ficando por volta de 50 mm. O subsecretário para assuntos de Defesa Civil, Osny Bonfim, pediu à população para manter vigilância sobre possíveis sinais de deslizamento de terra.