Construtoras desistem da usina de Belo Monte

Da Redação, JB Online

BRASILIA - Após um estudo rigoroso das condições do edital e das respostas que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) divulgou na terça-feira, o consórcio formado pelas construturas Carmargo Corrêa e Odebrecht desistiram do leilão da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, previsto para o próximo dia 20.

A desistência deu-se quando o consórcio não aderiu ao cadastramento da Eletronorte, cujo prazo venceu hoje às 17h. Segundo as normas da licitação, os consórcios poderiam associar-se a empresas do grupo Eletrobras para participarem do pleito. Dado o tamanho do empreendimento, Camargo e Odebrecht só entrariam na disputa com a participação da Eletronorte.