Nova sede do INSS será inaugurada, nesta terça, em Brasília

JB Online

BRASILIA - O ministro da Previdência Social, José Pimentel, e o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Valdir Simão, inauguram nesta terça-feira (30), às 9h, as novas instalações do edifício-sede do INSS, parcialmente destruído por um incêndio em dezembro de 2005. O imóvel, que é próprio, passou por um amplo processo de reforma e modernização.

Ao ter incorporado em seu projeto itens como segurança, conforto e funcionalidade, com uso ecologicamente correto dos recursos naturais, o prédio está incluído na lista dos mais modernos de Brasília, seguindo o conceito de edifício inteligente. No processo de reforma e modernização, foram usadas as mais avançadas tecnologias, com a adoção de diversos sistemas gerenciados de forma integrada.

As novas instalações contam com automação predial, composta por central de controle e gestão de uso de todas as instalações; climatização central, dotada de mecanismos de reposição do ar; tratamento e aproveitamento de águas pluviais e sistema de segurança e combate a incêndio, com chuveiros automáticos e detectores de fumaça.

Recursos naturais - Para melhor aproveitamento dos recursos naturais, o projeto adotou um sistema inovador de captação da água da chuva, que é utilizada nas caixas de descarga e nas torneiras de limpeza e do jardim. Foi feita opção pela energia solar para o aquecimento de 18 chuveiros e para a cozinha do restaurante. Também foi instalado um sistema de filtro de frequência, que tem como objetivo equilibrar o consumo de energia, evitar a oscilação e a sobrecarga da rede, além de aumentar a vida útil dos equipamentos.

O imóvel também possui um sistema gerenciável de rede lógica e telefonia; tomadas elétricas integradas com o piso elevado e elevadores modernos, dotados de pré-programação, sendo quatro sociais, um de serviço e um privativo. A programação do andar é feita na recepção do prédio para garantir agilidade a servidores e visitantes.

Patrimônio Para o ministro José Pimentel, a inauguração do edifício-sede faz parte do processo de recuperação de todo o patrimônio da Previdência Social, não apenas da rede de atendimento como também das unidades administrativas. O ministro lembra que, além da recuperação e modernização deste patrimônio, também está em curso o Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX), responsável pela criação de 720 novas Agências da Previdência Social em todo o país.

O presidente do INSS ressaltou que, desde o incêndio de 2005, os servidores aguardavam com expectativa o retorno de suas atividades para o edifício-sede. Não é um prédio de luxo, mas altamente funcional e que irá proporcionar à administração central e aos servidores condições de trabalho condizentes com a missão de coordenar esta grande estrutura, que é Previdência Social , enfatizou Simão.

Centro Cultural - As novas instalações contam com um auditório - com espaço para 240 pessoas, com sistema de áudio e vídeo de última geração e um centro cultural, que foi instalado no hall de entrada do prédio principal. O local possui infraestrutura moderna, com iluminação e câmeras de segurança. No Centro Cultural poderão ser desenvolvidas diversas atividades, como exposições artísticas e a divulgação de eventos e programas especiais do INSS. Sua principal atividade será a exposição de peças da Previdência Social.

O edifício também possui restaurante, biblioteca e um centro de convivência para os servidores, com copa coletiva, banheiros com chuveiro, sala de estar, espaço com computadores e uma sala multiuso para atividades físicas. Todo o imóvel, que possui 20 mil m², distribuídos em 12 pavimentos, foi reformado e modernizado. O investimento total foi de R$ 56 milhões. O edifício está localizado no Setor de Autarquias Sul, quadra 2, bloco O, Brasília.

(Com informações da Assessoria de Imprensa)