MP pedirá indenização de R$ 238 milhões por cratera no Metrô

Portal Terra

SÃO PAULO - O Ministério Público (MP) ingressa na terça-feira no Fórum da Fazenda da Justiça de São Paulo com um pedido para que o Consórcio Via Amarela pague R$ 238 milhões a título de danos morais e patrimoniais coletivos por causa da cratera no Metrô. O desabamento da Linha 4, em Pinheiros, deixou sete pessoas mortas em janeiro de 2007. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo a reportagem, a ação de 100 páginas e 96 volumes é subscrita pelo pelo promotor de Justiça Saad Mazloum e afirma que o desabamento era previsível. - Tragédia anunciada, incúria, omissão, irresponsabilidade dos agentes do Metrô - diz o documento, segundo o jornal, que ainda afirma que os R$ 238 milhões de indenização correspondem a 1,5% das receitas anuais das empreiteiras do consórcio que arrecadariam R$ 15 bilhões por ano.

As assessorias de imprensa do Consórcio Via Amarela e do Metrô afirmaram à reportagem que se manifestarão quando tomarem conhecimento oficial da ação.