PMDB escolhe Pinho Moreira para disputar governo de SC

Fabrício Escandiuzzi, Portal Terra

FLORIANÓPOLIS - O diretório estadual do PMDB definiu em eleições prévias realizadas na tarde deste sábado em Florianópolis o nome do ex-governador e ex-deputado federal Eduardo Pinho Moreira como o pré-candidato do partido ao governo de Santa Catarina.

Cerca de três mil peemedebistas estiveram presentes na Assembléia Legislativa, onde 541 delegados votaram para escolher o nome colocado pelo partido para disputar a sucessão de Luiz Henrique da Silveira.

Pinho Moreira disputou a vaga contra o atual prefeito de Florianópolis, Dário Berger. O ex-governador obteve 287 votos contra 201 de seu oponente. O clima entre os dois nos bastidores chegou a ficar tenso nos últimos dias, mas durante a convenção ambos procuraram apaziguar a rivalidade, pregando a "unidade" e uma "candidatura própria" dentro do PMDB.

Moreira e Berger trocaram elogios em seus pronunciamentos, mas destacaram que o partido teria que sair unificado para fortalecer a idéia de candidato próprio. "Entramos com as torcidas separadas, mas sairemos daqui juntos em um só nome", disse Moreira. "Respeito todos do partido e espero que possamos estar juntos em toda a caminhada. Apóio a decisão do PMDB".

A ideia de candidatura própria praticamente sepulta a aliança formada na última eleição com PSDB e DEM por Luiz Henrique da Silveira, que renunciou ao cargo na quinta-feira. O próprio ex-governo não fez qualquer tipo de menção à coligações com os aliados dos últimos anos.

Bastante emocionado em sua primeira atividade pública após a renúncia, ele destacou que Santa Catarina teria evoluído "como nunca" nos sete anos que permaneceu no comando do Executivo. "Temos aprovação e ninguém vai desmanchar o que construímos", afirmou. "Chegamos aqui separados, mas sairemos daqui pensando somente na vitória".