OMS: mortes por gripe suína em todo o mundo chegam a 16,9 mil

Agência Brasil

BRASÍLIA - A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou hoje (26) que 16.931 pessoas já morreram vítimas da influenza A (H1N1) gripe suína em todo o mundo. Foram registradas 118 novas mortes provocadas pela doença na última semana, já que o último balanço do órgão indicava um total de 16.813 óbitos.

Na última quarta-feira (24), o Comitê de Emergência da OMS decidiu manter o nível de pandemia para a gripe suína. De acordo com o órgão, há a constatação de queda de casos da doença em alguns países, mas há também indícios de alto nível de transmissão no Oeste da África.