OAB condena agressão contra advogado do casal Nardoni

JB Online

SÃO PAULO - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) condenou, em nota, as hostilidades contra a defesa de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá no Fórum de Santana, na Zona Norte de São Paulo, onde o casal enfrenta júri popular pela morte da menina Isabella, em 2008. Na quarta-feira, o advogado Roberto Podval foi agredido por um manifestante que lhe desferiu um chute. Podval entrou no tribunal sob vaias.

- O advogado não pode ser confundido com seu cliente. Não é cúmplice de seus eventuais delitos, nem está ali para acobertá-los. Seu papel é propiciar ao acusado plena defesa, circunstanciando-a com objetividade, dentro dos estritos limites da lei - diz a ordem na nota.

- Todo cidadão tem direito a defesa, sem a qual não se cumpre o devido processo legal - e, por extensão, não há Justiça. Em vista disso, o Conselho Federal da OAB e a Seccional Paulista da OAB condenam os recentes acontecimentos ocorridos em São Paulo contra o advogado em seu exercício profissional, e pede ao público confiança na Justiça - afirma a entidade.