SP: professores em greve terão bônus menor

Portal Terra

SÃO PAULO - O governo José Serra, que anunciou na última segunda-feira, dia 22, um aumento no valor pago em forma de bônus nos salários dos professores, advertiu que os docentes em greve da rede estadual de São Paulo receberão menos no próximo ano.

O secretário de Estado da Educação, Paulo Renato, disse que a ausência no trabalho vai influenciar no valor do bônus de 2011, que é calculado com base no número de faltas do funcionário e na evolução de sua escola no Idesp. As informações são jornal Folha de São Paulo.

Em relação a isso, a Apeoesp, sindicato dos professores, disse que o bônus não vai interferir no rumo da greve, que está em sua terceira semana. De acordo com eles, alguns funcionários ganharão só R$ 10 extras e outros não receberão o bônus. Para o sindicato, o justo seria o governo reajustar o salário básico. Na manhã desta terça-feira, os grevistas farão um protesto em frente à sede da secretaria, na Praça da República. Para a próxima sexta-feira, dia 26, a Apeoesp fará um ato diante do Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, sede do governo, para pressionar Serra.