Estações de metrô que seriam entregues por SP vão atrasar

Portal Terra

SÃO PAULO - Pelo menos seis novas estações de metrô que seriam entregues pelo governo de São Paulo neste ano vão atrasar, segundo o jornal Folha de S.Paulo. O governo teria prometido entregar 28 novas estações entre 2007 e 2010, mas apenas 16 seriam novas e as outras, reconstruções ou reformas de estações.

Entre as promessas descartadas, estariam a entrega da ligação do metrô leve de São Judas ao aeroporto de Congonhas e o início das obras da linha entre Brasilândia e Água Branca, que não teriam sido licitadas.

O governo de São Paulo teria dito à reportagem que os prazos não podem ser analisados de forma pontual e que as promessas do plano seriam cumpridas. Entre os atrasos estaria a integração da linha 4, entre Faria Lima e Paulista, com as linhas 1, da Luz, e 3, da República, que fazem parte da primeira fase da obra. Essa primeira fase seria entregue em 2010, mas a previsão atual seria o final do ano de 2011. A obra encurtaria o caminho entre Nações Unidas e Sé.