Depoimento de delegada foi contraditório, diz defesa de casal

Portal Terra

SÃO PAULO - A defesa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, acusados da morte de Isabella em 2008, afirmou que o depoimento de 4 horas da delegada Renata Pontes na tarde desta terça-feira foi contraditório. Para o advogado Marcelo Raffaini, auxiliar da defesa, Renata age de má-fé desde o início das investigações e deu declarações desconexas com os laudos criminais da perícia. As informações são do telejornal SPTV, da Globo.

Segundo o advogado, a delegada afirma que existia sangue de Isabella no local do crime. No entanto, conforme ele, o laudo de DNA não confirma a afirmação. A defesa do casal ainda contesta a parte do depoimento que Renata disse que a camisa de Alexandre tinha manchas de vômito de Isabella. Para o advogado, o laudo da perícia não atesta que o vômito era da vítima. Na avaliação de Raffaini, as declarações confundem os jurados e favorecem a defesa.