Chuva cancela viagem de Lula para inaugurar ferrovia no TO

Portal Terra

PALMAS - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou nesta terça-feira a viagem que faria ao Tocantins para a cerimônia de inauguração do trecho da Ferrovia Norte-Sul, que liga o município de Colinas do Tocantins a Guaraí. Lula chegou a Palmas por volta das 9h, mas não pôde prosseguir a viagem devido à forte chuva que atinge a região. A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, também participaria da cerimônia, que foi adiada.

Com extensão de 133 km, o trecho que seria inaugurado foi construído com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que somaram R$ 384 milhões. Com as obras de ampliação e modernização, a Ferrovia Norte-Sul terá 2.254 km e cortará quatro estados - Maranhão, Goiás, São Paulo e Tocantins. O atual traçado da ferrovia é responsável pelo escoamento de 33% da produção agrícola do país.

Segundo a Casa Civil, serão destinados à obra R$ 6,5 bilhões. Desse total, R$ 5 bilhões serão investidos até o final de 2010 e o restante, no próximo ano.

Ainda não foi definida uma nova data para a inauguração do trecho da ferrovia entre Colinas do Tocantins e Guaraí.