RS: rajadas de vento atingem 115 km/h em Bagé

JB Online

PORTO ALEGRE - A área de instabilidade que se instalou sobre o Sul desde a noite de domingo provocou estragos em todas as regiões do Rio Grande do Sul. Em Bagé, foi registrado vento de 115 km/h por volta das 22h. Em Passo Fundo, a estação do Inmet chegou a marcar rajadas de 92 km/h às 3h e Soledade, de 80 km/h às 3h.

O especialista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia, explica que uma área de instabilidade empurrou rapidamente a frente fria pelo Estado, e atingiu também Santa Catarina:

A previsão de sol, calor e pancadas de chuva foi substituída pelo fenômeno da madrugada porque esta área, chamada de Complexo Convectivo de Mesoescala (CCM), mas a chance de temporal não deve persistir ao longo do dia - disse.

As regiões Norte e Nordeste, contudo, devem sofrer com os efeitos dos temporais, pelo menos até o final da manhã, de acordo com Oliveira.

Todos os estados do sul foram afetados. Em Foz do Iguaçu, no Paraná, chovia de forma moderada, com trovoadas e rajadas em torno dos 60 km/h entre 6h30 e 6h50. Em Xanxerê, Santa Catarina, foram registradas rajadas de quase 80 km/h às 5h. Em São Miguel do Oeste, também em Santa Catarina, as rajadas passaram dos 75 km/h às 4h.

Em Passo Fundo, as rajadas ultrapassaram 90 km/h às 3h. Em Cruz Alta, chegaram a quase 100 km/h às 2h, 85km/h à 1h em São Borja. No Centro, em Santa Maria, além das chuvas fortes e trovoadas, as rajadas alcançaram 60km/h entre 23h e meia-noite. E, em Quaraí, passaram dos 75 km/h às 21h.

Informações do jornal Zero Hora