Corpo de criança é achado em rio de GO

Márcio Leijoto, Portal Terra

GOINIA - O corpo do estudante Pablo Ernando Barros de Souza, 10 anos, foi encontrado no rio Meia Ponte, em Goiânia, no começo da tarde desta segunda-feira. A criança estava desaparecida há quase 70 horas, após ter se afogado enquanto nadava com amigos.

Ele havia saído de casa sem consentimento dos pais, na tarde de sexta-feira, e foi mergulhar em um trecho considerado perigoso pelos bombeiros e inapropriado para banho, no Setor Recando dos Bosques, região norte da capital.

Ao todo, seis meninos na mesma faixa etária nadavam com Pablo. Eles só contaram sobre o afogamento depois de, assustados, terem percebido que Pablo havia sumido. Os pais do estudante começaram as buscas, mas só na noite de sábado é que ficaram sabendo que Pablo havia se afogado.

Os bombeiros foram acionados por volta de meia-noite de sábado para domingo. Dez bombeiros trabalharam no resgate no último domingo e nesta segunda. O corpo foi encontrado preso em galhos no rio, próximo ao campus 2 da Universidade Federal de Goiás (UFG), a seis quilômetros de onde os garotos foram nadar.

A tenente Michele Jobim, do Corpo de Bombeiros, diz que nestes casos o resgate deveria ser imediato, para que Pablo tivesse chances de sobreviver. "O local onde eles foram nadar é impróprio para banho, perigoso, e eles foram escondidos, sem os pais saberem. Infelizmente não havia como encontrar o garoto com vida", disse.