Caso Isabella: 16 testemunhas já chegaram ao Fórum de Santana

JB Online

SÃO PAULO - Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, 16 testemunhas já chegaram ao Fórum de Santana para depor no caso Isabella Nardoni. Faltam apenas testemunhas ligadas à polícia: o delegado Calixto Calil Filho, três médicos legistas, um investigador e um escrivão

Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella, chegou ao Fórum de Santana por volta das 11h15 e espera pelo início do julgamento do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá.

De acordo com assessoria de imprensa do Fórum de Santana, o pedreiro Gabriel Santos Neto chegou ao local por volta das 10h30. Testemunha do caso, o pedreiro ainda não havia sido encontrado para comparecer ao julgamento. A ausência de Santos Neto poderia ser usada como argumento da defesa para tentar adiar o júri popular. A testemunha disse à Folha de S. Paulo, na época do crime, que uma construção vizinha ao prédio dos Nardoni teria sido arrombada na noite em que Isabella foi morta.