SP: Jovens negam autoria de trote violento em Barretos

Portal Terra

BARRETOS - Dionatan Kavamoto dos Santos, de 19 anos, e Felipe Ferreira Troques Dib, de 24 anos, foram ouvidos nesta terça-feira, na cidade de Jaborandi, pelo delegado do 2º DP de Barretos (SP) Celso Spadacio e negaram ter agredido calouros do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (Unifeb), em São Paulo, durante um trote violento no dia 22 de fevereiro.

De acordo com o delegado, os jovens foram acusados por Ronier Jorge Ferreira da Silva, de 30 anos, e Patrick Adriano de Souza, de 23 anos, de terem jogado creolina em calouros. Tiago Henrique Lima, estudante do 4º ano de química, também foi acusado de agressão pela aluna Carla Fernanda Miguel, de 18 anos, que não recorrerá à Justiça. Outras cinco vítimas foram ouvidas pelo delegado nesta manhã, mas não quiseram representar contra os agressores.

O delegado afirmou que levará o termo circunstanciado por lesão corporal dolosa de natureza leve ao Poder Judiciário de Barretos na manhã da próxima quarta-feira. A pena para esse tipo de agressão é de três meses a um ano de prisão.