OAB suspende 2ª fase de prova após vazamento em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) informou nesta terça-feira que suspendeu a correção e divulgação dos resultados da segunda fase do Exame de Ordem da OAB de São Paulo. No último domingo, em Osasco (SP), um candidato tinha respostas pertinentes às questões discursivas da prova prático-profissional de Direito Penal do Exame de Ordem dentro do Código Penal.

O presidente da OAB, entregou hoje ao diretor-geral em exercício do Departamento de Polícia Federal (PF), Luiz Pontel de Souza, notícia-crime do caso, relatada pela Comissão do Exame . Ophir pediu à PF a apuração dos fatos para as devidas providências pela entidade, "no sentido de resguardar a lisura do certame, que é compromisso da OAB".

O presidente nacional da OAB solicitou ao Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe-UnB) - órgão que, em parceria com a OAB, realiza o Exame de Ordem - que instaure imediatamente sindicância para apuração interna da irregularidade. Ophir determinou a abertura de processo administrativo na própria OAB. A correção está suspensa até deliberação do Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB, que se reúne no domingo em Brasília.