Ganhador da Mega-Sena recebeu bilhete premiado como troco

Rose Mary de Souza, Portal Terra

CAMPINAS - Um dos quatro ganhadores do concurso da Mega-Sena do último sábado recebeu como troco o bilhete premiado na lotérica Baronesa, em Jundiaí(SP), região de Campinas. O sortudo vai embolsar R$ 18.173.894,01. O prêmio total do concurso 1.157, sorteado em Florianópolis (SC), foi de R$ 70 milhões.

"A pessoa deve ter vindo pagar uma conta, receber uma aposentadoria. É nosso costume oferecer jogos prontos. O sortudo ou sortuda recebeu o cartão de apostas e talvez nem saiba que está milionário", disse nesta terça-feira a gerente da lotérica Cristiane Caboclo.

Até o final da tarde de hoje ninguém havia reclamado o prêmio na agência da Caixa Econômica Federal ou procurado a lotérica. "O banco ligou estranhando o não comparecimento do ganhador. E pensar que o bilhete premiado passou pelas nossas mãos", disse.

As cinco funcionárias afirmaram que as dezenas premiadas não saíram para nenhum dos clientes fiéis que fazem jogos todas as semanas."É certo que foi alguém que levou um único jogo, feito pela própria lotérica, no valor de R$ 2 com as seis dezenas. São dezenas altas e até meio difícies de serem jogadas como os quatro quarentas", disse uma delas.

Sorteio

As dezenas sorteadas no concurso foram 9, 29, 41, 43, 46 e 49. Além do cartão feito em Jundiaí (SP), os outros três acertadores da Mega-Sena são de Brasília (DF), Conselheiro Lafaiete (MG) e São Paulo(SP). A Quina saiu para 248 apostadores (R$ 24.207,80 para cada um); a Quadra, para 19.079 (R$ 449,52). O valor de R$ 70 milhões estava acumulado.

Apostadores

O motorista de ônibus urbano Paulo Nogueira Santos, 55 anos, ficou observando a formação da fila dos apostadores em frente a lotérica. Questionado se iria fazer um jogo, ele disse que não. "Já pensou ganhar tanto dinheiro. Dá um trabalho cuidar de tudo aquilo", disse.

O jardineiro Laurentino Candeu, 64 anos, comprou um bilhete da loteria federal e afirmou que "gosto da federal, já ganhei pouquinho, tive trocas, acho que muito dinheiro deixa a gente muito preocupado. Gosto de sossego."

Para o carpinteiro Clóvis Menezes, 32 anos, é bom apostar em jogos. "Meus defeitos é gastar no bar e na loterica", disse. "Seu eu ganhar uma bolada, vou mandar dar um trato no albergue que cuida dos alcoolatras", afirmou.

Já o mecânico Denis Willian Marcelino, 25 anos, jogou a Mega-Sena acumulada e acertou apenas uma dezena. "Hoje vim pagar uma conta e não vou jogar. Aquele outro dia deu vontade por que estava acumulada e eu estava animado."