Após pesquisa, sobe pressão sobre Aécio e Tasso vira plano B

Portal Terra

BRASÍLIA - O PSDB aumentou a pressão para que o governador de São Paulo, José Serra, lance sua candidatura à Presidência da República após pesquisa Datafolha indicar queda na vantagem de Serra (de 14 para quatro pontos percentuais) sobre a ministra Dilma Rousseff (PT) nas intenções de voto para as eleições deste ano.

O resultado da pesquisa também fez aumentar o assédio ao governador de Minas Gerais, Aécio Neves, para ocupar a vaga de vice de Serra e faz surgir um plano B, com o senador Tasso Jereissati (CE) ocupando a posição. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo o jornal, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse no sábado que a escolha de Tasso atrairia votos do Nordeste (onde Dilma tem pontos percentuais de vantagem) e neutralizaria ataques do deputado federal Ciro Gomes (PSB).