SP: secretário diz que ação policial na Cracolândia foi pirotecnia

Portal Terra

SÃO PAULO - O secretário de Saúde da prefeitura de São Paulo, Januário Montone (PSDB), afirmou que a operação da Polícia Civil na Cracolândia, que deteve 300 pessoas na quinta-feira, foi um "espetáculo pirotécnico de confinamento e posterior "libertação" dos usuários detidos, o que só aumenta a discriminação contra a população mais vulnerável e dependente, de moradores em condição de rua, usuários e dependentes de álcool e drogas". As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, o prefeito Gilberto Kassab ficou sabendo da nota do secretário que contém a declaração após ela ser divulgada. Ainda de acordo com o jornal, a operação terminou com 33 indiciados por tráfico de drogas e, os demais detidos foram levados a uma base da Guarda Municipal, mas, sob vigilância de 10 guardas, acabaram fugindo e voltaram à Cracolândia.