Kassab diz que tecnicamente sua campanha não tem irregularidades

Agência Brasil

SÃO PAULO - Para o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, a decisão da Justiça Eleitoral - que cassou o seu mandato por supostas irregularidades na campanha é técnica e não deve trazer repercussões nas eleições deste ano.

- A questão não é política, é técnica. E tecnicamente estamos convencidos de que tudo foi feito corretamente - disse o prefeito na manhã deste domingo, ao acompanhar as atividades de um programa de férias em um parque da Zona Leste da capital. Kassab também disse que a cassação não vai atrapalhar a rotina de trabalhos na prefeitura.

Em entrevista, o prefeito disse que a sua campanha à prefeitura em 2008 foi feita corretamente e que seus advogados vão recorrer da sentença e comprovar que não houve irregularidades. Segundo Kassab, a prestação de contas já foi aprovada pela Justiça Eleitoral e esta vai ser uma nova oportunidade para se demonstrar a correção da campanha .

Segundo jornais de São Paulo, a promotoria eleitoral acusa o prefeito de ter recebido doações ilegais da Associação Imobiliária Brasileira (AIB), de sete construtoras e do Banco Itaú. A AIB é suspeita de ser uma empresa fantasma, criada por sindicatos do setor e que são proibidos de fazer doações para campanhas políticas. Segundo a lei eleitoral, concessionárias ou prestadores de serviços públicos não podem fazer doações.

- O TSE já se manifestou em diversas oportunidades até porque, desde a eleição do presidente da República até a eleição de diversos vereadores, tiveram procedimentos próximos que foram aprovados - disse o prefeito.