ACM Neto compara cassação de Kassab com título improvável

Portal Terra

BRASÍLIA - O deputado federal democrata ACM Neto criticou a decisão tomada pela Justiça eleitoral paulista que cassou o mandato do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM). Em sua página do Twitter ele disse que é "mais fácil a África do Sul conquistar o Mundial do que Kassab perder o mandato".

O juiz da 1ª Zona Eleitoral, Aloísio Sérgio Resende Silveira do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo cassou o mandato do prefeito de São Paulo e da vice Alda Marco Antonio (PMDB) por doações consideradas ilegais durante a campanha eleitoral de 2008. A defesa de Kassab irá recorrer da decisão, quando ela for publicada no Diário Oficial.

O presidente do Democratas, deputado Rodrigo Maia (RJ), disse que está tranquilo sobre a reformulação da sentença. - Estou absolutamente tranquilo porque as contas estão rigorosamente dentro da lei - disse.

ACM Neto, por sua vez, criticou o magistrado que tomou a decisão: "juiz para aparecer precisa de pouca coisa: uma ideia estapafúrdia e uma caneta na mão. Vejam o que aconteceu com o prefeito Gilberto Kassab".

"É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que o Kassab perder o mandato...", disse o democrata baiano que classificou a decisão como "absurda".