Palocci teria desistido de SP para coordenar campanha de Dilma

Portal Terra

BRASÍLIA - Considerado uma opção de consenso no PT de São Paulo, o ex-ministro da Fazenda e atual deputado federal Antonio Palocci está fora da lista de pré-candidatos da legenda ao governo do Estado. Palocci manifestou para amigos a intenção de aceitar o convite do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, de coordenar a campanha dela à Presidência da República.

Mas, para a coordenação política (principalmente negociações institucionais com partidos aliados), o ministro prefere que fique a cargo do presidente do partido, José Eduardo Dutra. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, o convite faz parte de um plano de Lula, que deseja convencer Ciro Gomes (PSB) a se retirar da disputa pelo governo federal e se candidate a governador de São Paulo em aliança como PT. De acordo com o jornal, Ciro afirma em público que concorrerá à Presidência da República, mas em privado indica que pode aceitar o convite de Lula, apesar de enfrentar resistência no PT paulista.